O Dia mundial do rádio é celebrado

Postado em 13/02/2017

Para celebrar o Dia Mundial do Rádio, lembrado em 13 de fevereiro neste ano, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) firmou uma parceria com a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (ABERT). O objetivo da cooperação é incentivar as mais de 2,4 mil emissoras de rádios vinculadas à ABERT a comemorarem a data por meio de atividades e transmissões especiais.

Foto: Pixabay

A agência da ONU encoraja veículos a realizarem entrevistas com especialistas, debates sobre o assunto ou qualquer outra iniciativa que aborde a data internacional, dentro ou fora das ondas de rádio.

A UNESCO criou um site especialmente para o dia, onde emissoras de todo o mundo podem registrar o que farão para celebrar a data. O site está disponível nas seis línguas oficiais das Nações Unidas — espanhol, inglês, francês, árabe, russo e chinês. Mais de cem eventos já foram registrados na plataforma.

As rádios que tiverem interesse também podem veicular o spot produzido pela UNESCO, disponível em português aqui.

Neste ano, o tema “O Rádio é Você!” defende a importância da participação das comunidades nas emissoras de rádio por meio de entrevistas, conselhos editorais e fóruns de ouvintes, por exemplo. A UNESCO aponta também que ouvintes podem atuar na definição da programação e das políticas públicas de radiodifusão. Essas são algumas maneiras, segundo a agência da ONU, de envolver a audiência e fazer do rádio um meio de comunicação cada vez mais próximo de seus ouvintes.

O rádio é o meio de comunicação mais abrangente do mundo, inclusive no Brasil. O baixo custo de operação e o acesso fácil à tecnologia, que chega aos locais mais remotos, contribuem para que o rádio facilite a rotina de pessoas de norte a sul, das populações que precisam se informar nas grandes cidades até os ribeirinhos que usam o rádio para se comunicar em diversas regiões do país.

“O tema o ‘Rádio é Você!’ traz a importância da identidade entre o veículo e a audiência. É uma tentativa de aproximação do público com o rádio para que ele se sinta, de fato, refletido no que é transmitido, de modo que o rádio seja uma voz da população”, afirmou o coordenador de Comunicação e Informação da UNESCO no Brasil, Adauto Soares.

O diretor-geral da ABERT, Luis Roberto Antonik, reafirma a força e a pluralidade do veículo de comunicação de maior alcance do mundo. Lembra ainda do papel fundamental que o rádio desempenha nas situações de emergência e socorro humanitário.

“O rádio em breve completará cem anos no Brasil e é um meio que sempre está se adaptando às novas tecnologias e se reinventando para continuar com o seu amplo alcance, capaz de chegar a comunidades distantes, conectar pessoas, compartilhar conhecimento e informação, ajudar as populações em momentos de risco e fortalecer a compreensão sobre os diferentes temas”, diz.

O Dia Mundial do Rádio foi instituído pela Conferência Geral da UNESCO e comemorado pela primeira vez em 2012. Em seguida, foi adotado pela Assembleia Geral das Nações Unidas como Dia Internacional. Os temas igualdade de gênero, participação da juventude e o rádio em situações de emergência e desastre foram abordados nas comemorações anteriores. Em 2016, eventos em celebração à data aconteceram em mais de 80 países.

Visite aqui o site oficial do Dia Mundial do Rádio de 2017 e registre seu evento ou transmissão. O portal também dá acesso a conteúdos e recursos exclusivos.

Fonte: nacoesunidas.org

Foto: reprodução/pixabay


Deixe um comentário: